segunda-feira, 19 de abril de 2010

O Salão Mineiro do Turismo foi aberto oficialmente pela secretária de Estado de Turismo, Érica Drumond, no dia 16/04, às 10h, no MINAS CENTRO.



A Secretaria Estado de Turismo de Minas Gerais, em parceria com o Ministério do Turismo e SEBRAE-MG, realiza, nos dias 16, 17 e 18 de abril, no Minascentro, em Belo Horizonte, a terceira edição do Salão Mineiro do Turismo. Com o slogan “Descubra novos lugares - Descubra grandes oportunidades”, o evento faz um convite para que o mineiro conheça os atrativos turísticos do Estado.

Em 2010, o Salão ocupa os três andares do Minascentro e a mostra, que antes era realizada em dois dias, passa a preencher três dias do calendário turístico mineiro. O grande destaque da 3ª edição do Salão Mineiro do Turismo é o crescimento do evento, que, a cada edição, recebeu números maiores de visitantes.

Na primeira edição, em 2007, o foco era mobilizar o setor e toda a cadeia produtiva do segmento turístico. Naquele ano, passaram pelos corredores do Minascentro cinco mil visitantes. Já na segunda edição, em 2009, o direcionamento era para o fortalecimento da política pública no interior de Minas Gerais, e a valorização das Associações de Circuitos Turísticos, o evento reuniu 10 mil visitantes. Este ano, voltado para o público consumidor belo-horizontino, a organização do evento espera que cerca de 20 mil visitantes passem pelo Salão Mineiro do Turismo.

A secretária de Estado de Turismo, Érica Drumond, explica que durante os três dias de realização, serão apresentados, por meio das Associações de Circuitos Turísticos, os principais produtos formatados e prontos para serem comercializados no Brasil e no exterior. “O Salão Mineiro é uma mostra de todas as regiões do Estado. Uma Minas Gerais que o turista nunca viu, com destaque para a alta temporada, nos meses de junho e julho. Em 2010, o foco é promover, divulgar e incentivar a comercialização dos produtos turísticos mineiros”, afirma.

O evento conta com o apoio do Instituto Estrada Real, Federação dos Circuitos Turísticos de Minas Gerais, SENAC-MG, Belotur, Banco Interamericano de Desenvolvimento, Instituto Euvaldo Lodi e Gol Linhas Aéreas Inteligentes.

Grandes Salões
Para diferenciar, dar destaque às diversas áreas de atuação da cadeia turística e apresentar os melhores roteiros e destinos para o público consumidor, o Salão Mineiro foi dividido em seis espaços. No Salão dos Grandes Destinos, haverá uma mostra das cinco regiões do Estado (Triângulo Mineiro, Centro de Minas, Norte e Nordeste de Minas, Sul de Minas e Zona da Mata), representadas pelas 45 Associações de Circuitos Turísticos, além de estandes de agências de viagem, operadoras e receptivos turísticos.
No Salão Nossas Riquezas, haverá espaço para a comercialização de produtos típicos do Estado, manifestações artísticas, mostras de artesanato, gastronomia mineira, encontro de negócios e o projeto ”Escola vai ao Salão”. Este projeto dará oportunidade para que jovens conheçam os destinos turísticos de Minas Gerais de maneira interativa e dinâmica. São esperados cerca de 540 alunos das redes pública e privada, do ensino fundamental, de Belo Horizonte. Os estudantes serão orientados e recepcionados por um técnico da SETUR/MG que irá acompanhá-los por toda a feira.

Os atores que compõem o Sistema Mineiro de Gestão do Turismo, a Federação dos Circuitos Turísticos de Minas Gerais, e o Conselho Estadual de Turismo, estarão com agendas de atendimento no Salão Oficial. Já estão confirmados encontros de prefeitos, atendimento sobre ICMS Turístico, encontro de presidentes e Gestores dos Circuitos Turísticos e coordenadores de Câmaras Temáticas do Conselho Estadual de Turismo.

Empreendedores e investidores de toda a cadeia turística mineira encontrarão no Salão de Investimentos os bancos parceiros que oferecem linhas de financiamento. Neste espaço serão disponibilizadas informações sobre tipos de empréstimos oferecidos aos investidores do setor turístico, como valores, taxas e condições de pagamento. Participarão do Salão de Investimentos os bancos: BDMG, Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, Banco do Povo e Banco do Nordeste.

O Município de Manhuaçu que faz parte do Circuito Turístico Pico da Bandeira, esteve representado no Circuito por profissionais da área e também pelo Diretor do Departamento de Cultura e Turismo da Prefeitura Municipal de Manhuaçu, o Comendador Fabrício Santos.

Nenhum comentário: