terça-feira, 8 de novembro de 2011

ACLA/MG em parceria com o Rotary Club de Manhuaçu, estará recebendo no dia 13 de novembro de 2011 às 11h na sede do club, o pianista Marcelo Corrêa.

A Academia de Ciências, Letras e Artes de Minas Gerais – ACLA/MG em parceria com o Rotary Club de Manhuaçu, estará recebendo no dia 13 de novembro de 2011 às 11h na sede do club do Rotary, o pianista e professor da Universidade Estadual de Minas Gerais, Marcelo Corrêa, o projeto “Piano nas Igrejas” tendo o apoio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura e visa disponibilizar conhecimento acerca da vida e da obra de Franz Liszt assim como sobre a história do piano e o funcionamento de um piano de cauda que será levado a cada apresentação.


Desde 2007, o pianista Marcelo Corrêa realiza apresentações em igrejas e centros culturais do interior de Minas Gerais junto aos grupos do Palácio das Artes através campanha de descentralização e interiorização da cultura promovida pela Fundação Clóvis Salgado. A receptividade do público de todas as idades no interior é grande. Viaja-se com orquestras, grupos vocais e instrumentais, mas a idéia de levar um piano de cauda às igrejas das cidades que não dispõem ou nem mesmo conhecem este instrumento é rara, quando não inédita.

Um dos compositores mais populares da música erudita, Franz Liszt (1811-1886) foi o primeiro a realizar turnês levando o seu piano. Ele foi o difusor de inúmeros compositores e ampliou grandemente o interesse do público sobre esse instrumento e seu repertório.

Marcelo Corrêa, iniciou os estudos com Clarice Elias ingressando no Curso de Formação Musical da EM/UFMG em 1989. Estudou com os professores Eduardo Hazan, Lucas Bretas e Frédéric Meinders. Em 2002, tornou-se bacharel em Piano com nota máxima pela UFMG na classe da professora Celina Szrvinsk. Em 2004 concluiu o curso de Mestrado em Performance na mesma instituição. Realizou cursos com os pianistas Luís Medalha, Giberto Tinetti, Berenice Menegale, Fernando Lopes, Saule Tatubaeva, Luís Senise e Michael Uhde. Apresenta-se regularmente como solista, recitalista e camerista destacando a realização de concertos com orquestra. Em 2001 venceu o concurso “Jovens Solistas EMUFMG” e foi solista do Concerto em Fá Menor de Frédéric Chopin junto à Orquestra da Escola de Música da UFMG sob a regência de Eduardo Ribeiro. Em 2002 venceu o “1º Grande Concurso Nacional para Jovens Solistas e Regentes Eleazar de Carvalho” apresentando-se com a Orquestra Sinfônica de Minas Gerais no Palácio das Artes sob a regência de Emílio De César. Como finalista do concurso, tocou com a Orquestra Sinfônica de São Bernardo do Campo sob a regência de Paulo Rydlewski na renomada Sala São Paulo. Em 2003, executou o Concerto em Lá Menor de Edvard Grieg com a Orquestra da Escola de Música da UFMG após vencer novamente o concurso “Jovens Solistas EMUFMG”. Em 2005, substituiu célebre pianista Nelson Freire em ensaio com a Orquestra Sinfônica de Minas Gerais e apresentou, com a mesma, a obra “Horizontes” de Ronaldo Miranda sob a regência de Aylton Escobar. Em 2006 realizou tournée pela França com o espetáculo “De Carne e Sonho” prestigiado por mais de 30 mil pessoas em dez cidades. Desde 2001 redige as notas de programa para a série “Concertos Didáticos UFMG”. Atualmente é professor do curso de Licenciatura em Música da UEMG e da Escola de Música do Centro de Formação Artística do Palácio das Artes.

Nenhum comentário: